PRIORADO De TUTZING

Em 1887, a comunidade de Reichenbach transferiu-se para Emming, Diocese de Augsburg. Mais tarde, passou a ser chamada Santa Otília em homenagem à uma capela ali existente. Nesse mesmo ano, as irmãs abriram uma casa filial à beira no Lago de Starnberg com a ajuda das três irmãs Ringseis. Em 1904, após terem recebido o reconhecimento civil do Governo Real da Baviera, mudaram-se de Santa Otília para a nova casa Mãe em Tutzing.

ENDEREÇO : Missions-Benediktinerinnen, Bahnhofstraße 3; 82327 Tutzing / Germany

TEL : 0049-8158-92597.470
E-MAIL : sr.ruth.s@missions-benediktinerinnen.de
SITE DO PRIORADO  >>  IR

Últimas notícias

SOBRE

Tutzing – Nossa Congregação recebeu o nome, desta cidade que fica à beira do Lago de Starnberg, próximo dos Alpes. As Irmãs começaram aqui, após o início em Reichenbach e Santa Otília. Daqui a Congregação se espalhou para os outros continentes.

Hoje por volta de 1300 Irmãs são conhecidas como “Irmãs Beneditinas Missionárias de Tutzing” e tem em Tutzing sua “Casa Mãe”.

Três casas pertencem hoje ao Priorado de Tutzing: a Casa do Priorado em Tutzing, Bernried com casa para Retiro e Cursos e a casa em Dresden, uma bela cidade histórica, onde os católicos são uma minoria. Em todos estes lugares as Irmãs se esforçam para servir ao povo e dar testemunho de fé e esperança numa sociedade onde a fé Cristã já não é mais uma base comum.

Como em Santa Otília havia necessidade de mais espaço, as Irmãs procuraram um outro lugar para a nova Casa Mãe. Em 1902 foi tomada a decisão de ir para Tutzing onde as Irmãs já tinham uma comunidade com um Jardim da Infância desde 1887.
O Priorado atravessou seu período mais difícil de 1933 a 1945, quando a Alemanha foi governada pelos Nazistas.

Durante este tempo, o trabalho das irmãs foi sistematicamente dificultado até que a Casa Mãe foi confiscada em 1941. A maioria das Irmãs tiveram que deixar o convento e foram enviadas para servir como enfermeiras em Munique e Santa Otília. O convento foi transformado num hospital militar.

Durante esse tempo as Irmãs só puderam emitir os votos em segredo no Mosteiro de Kerschlach na zona rural.

Em maio de 1945, logo após a guerra, a Casa Mãe foi devolvida. A pedido das Irmãs o hospital militar foi transformado num hospital civil que ficou sob a administração das Irmãs até 2007. 

Algumas irmãs continuaram a trabalhar sem remuneração no hospital como médicas, e na pastoral dos doentes.

Quando em 1989 caiu o muro de Berlim, foi perguntado ao Priorado de Tutzing se poderiam começar de novo na parte oriental da Alemanha, onde somente 20% da população ainda era cristã. Em 1992, começou a pequena comunidade em Dresden. As irmãs são uma presença orante na paróquia e trabalham em várias áreas, tais como ensino, aconselhamento, pastoral. Paralelamente a este novo começo, as obras tiveram que ser abandonadas e as comunidades fechadas devido ao envelhecimento das Irmãs e o pequeno número de irmãs jovens.

GALERÍA DE FOTOS

Notícias do Priorado

Profissão Perpétua em Tutzing

No dia 14 de julho, Ir. M. Paulina Kleinsteuber fez sua Profissão Perpétua em Tutzing. Presidiu a Santa Missa o Abade Johannes Eckert da Abadia

Oração pela Profissão Perpétua em Tutzing

Com alegria, a Prioresa de Tutzing Ir. Rachel Feller convida para a Celebração Eucarística com o rito da Profissão Perpétua de Ir. M. Paulina Kleinsteuber OSB  no Domingo dia 14

Bernried: 75 anos de presença Beneditina Missionária

 A Comundade de Bernried  A partir de julho de 2024, a Comunidade de Bernried / Alemanha cultivará o passado com um olhar de gratidão pelos 75 anos de presença Beneditina Missionária em Bernried.   No dia 4

Visita de alguns participantes do MFP

Na Segunda-feira de Páscoa, dia 1º de abril, 6 participantes do Programa de Formação Monástica visitaram nossa comunidade, entre les está nossa Irmã Sarah Elizabeth McMahon do Priorado de Norfolk. Depois